sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Na Selva das Cidades em cartaz no CCBB - Dica Cultural TeleListas.net





Reparou o que tem de diferente nessa foto? Pois é, com apoio da TeleListas, a cenografia da peça “Na Selva das Cidades” utilizou listas telefônicas para compor parte o figurino dos atores. Não é o máximo?! Por isso, no Dia Nacional das Artes, aqui vai nossa dica de programação cultural para os cariocas.

Baseado em um dos textos mais enigmáticos escritos pelo jovem Bertolt Brecht, o espetáculo “Na Selva das Cidades” estreou na última quarta-feira, dia 10 de agosto, no Teatro 1 do CCBB, sob direção de Aderbal Freire-Filho e com um elenco estrelado por Daniel Dantas, Fernanda Boechat, Inez Viana, Joelson Medeiros, Leonardo Netto, Marcelo Olinto, Maria Luisa Mendonça, Milton Filho e Patrick Pessoa.

Passada na Chicago de 1912, a peça conta a história da família Garga, que deixa o campo em busca de melhores condições de vida na cidade. Na grande metrópole, o convívio urbano se mostra desumano, brutal e sarcástico. O foco da ação está na luta violenta entre dois homens, que se inicia quando um deles - George Garga - não admite vender sua opinião ao outro, o comerciante de madeira malaio Shlink.

Você não pode perder esse grande espetáculo!


Teatro I CCBB RJ

Temporada: de 11 de agosto a 09 de outubro de 2011 - quarta à domingo - às 19h
Endereço: Rua Primeiro de Março, 66 - Centro – Rio de Janeiro – RJ
Informações: (21) 3808-2020
Sac 0800 729 0722
Ouvidoria BB 0800 729 5678
Para Deficientes Auditivos ou de fala 0800 729 0088
Classificação Indicativa: Não recomendado para menores de 16 anos
Patrocínio: Banco do Brasil e Ministério da Cultura

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. http://www.poetaraimundo.webnode.com.br16 de agosto de 2011 08:18

    Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  3. http://www.poetaraimundo.webnode.com.br16 de agosto de 2011 08:20

    meus amigos desculpe os erros ortograficos porque só escrevo bem rimando.

    ResponderExcluir